Gely Arruda

Contos e Poesias

Textos


Sei que pra sempre vou chorar.

Quando nos despedimos,
eu sabía que a tristeza seria
pra sempre minha companheira,
que a vida jamais seria feliz.

Mas mesmo assim eu disse adeus.
porque? Não sei... Mas.. me arrependo,
porque sofro, sua ausênca dói,
como um punhal que crava.

Meu amor por ti, ainda está guardado,
meu anjo, meu eterno namorado,
sei que pra sempre vou chorar...
Gely Arruda
Enviado por Gely Arruda em 03/03/2013
Alterado em 09/02/2017
Copyright © 2013. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários

Site do Escritor criado por Recanto das Letras